Tag archive: cenoura

Oeuf cocotte baby – especial Catraquinha

Essa é uma preparação tradicional da culinária francesa. OUEF significa OVO e COCOTTE significa PANELINHA. A receita básica leva ovo e creme de leite e os recheios tradicionais são presunto cru, queijo, aspargos.

Continue lendo

Suflê baby de cenoura

Quem ai já tinha pensado em oferecer um suflê para um bebê de 7 ou 8 meses? As vezes ficamos tão presos em tradicionais que fica difícil pensar fora da caixa. A textura do suflê é perfeita para as gengivinhas dos pequenos desdentados, pois derrete na boca como espuma.

Continue lendo

Eleve o Sabor de sua comida – Fundos

Uma das preparações mais básicas da cozinha são os fundos. A indústria alimentícia criou uma versão chamada de Caldo e por isso muitas pessoas também chamam assim, mas o termo correto é Fundo. Pode parecer muito técnico, mas eles são bem fáceis de fazer e podem transformar uma receita. Sem contar que substituem os quadradinhos entupidos de sal e glutamato monossódico vendidos nas prateleiras dos supermercados.

É possível preparar fundo de carne, frango, peixe, legumes, picanha, costela, vitela, camarão… O de legumes, peixe e camarão são o mais rápidos. Já os que tem ossos nas receitas podem precisar de 8 horas de cocção. Mas isso não deve ser algo para inibir quem quer surpreender o bebê e a familia com uma comidinha muito saborosacaldo de legumes em baixa                                                                                                                                              Foto: Bruna Romaro

 

Em Francês o nome é “fonds de cuisine” que significa as fundações da cozinha. Eles são líquidos aromatizados preparados em fogo baixo (simmer) para extrair o máximo de sabor, cor e nutrientes de vegetais, ossos e espinhos. Os fundos substituem a água nas preparações feitas em meio liquido para elevar o sabor da receita. Isso significa transformar o arroz básico do dia a dia em algo muito saboroso e interessante. Além de ser uma maneira eficiente de aumentar o valor nutritivo da refeição.

Aqui em casa eu faço Fundo em grande quantidade e congelo em fôrmas de gelo. Depois desenformo em coloco em saquinhos para o freezer com etiquetas de identificação. No momento de preparar arroz, sopa, carne de panela, frango ensopado ou ainda risoto, bobó, paella, feijoada é só pegar os cubinhos do fundo desejado.

Os Fundos podem ser claros, escuros. A diferença entre eles é a cor e sabor que passam para a receita final. Para um resultado aromático suave sem alteração de cor o indicado é o fundo claro. Os fundos claros consistem basicamente de incluir seus ingredientes em água fria e ferve-los em baixa temperatura (fogo baixo/simmer). Para um resultado com um leve toque defumado/assado o ideal é usar um fundo escuro. Para prepara-lo ossos e vegetais são escurecidos dourando-os me frigideira com pouca gordura ou no forno antes de irem para água fria e fogo baixo.

 

Os passos para o preparado de um fundo são:

 

Começar com líquidos frios

Cozinhar em fogo baixo (85°C)

Cozinhar o tempo necessário e adequado

Manter a panela aberta e todos os ingredientes cobertos de liquido

Retirar e descartar a espuma que se forma em cima (com a ajuda de uma colher)

Coar assim que ficar pronto

Resfriar imediatamente

Retirar toda a gordura da superfície

Corrigir o volume de líquidos (colocar mais água para manter a quantidade solicitada pela receita)

 

Todos os fundos (seja de vegetais, peixe, frango ou carne) levam aromáticos. Eles tem função de complementar e valorizam o sabor. Aromáticos são: cenoura, cebola, salsão, alho poro, cogumelos paris. A combinação desses vegetais é chamada de Mirepoix.

O Mirepoix deve ter a seguinte proporção:

50%de cebola
25% de cenoura
25% de salsão.

Ainda existe uma variação chamada de Mirepoix Banca mais indicada para os fundos claros. Sua composição segue:

50% de cebola
25% de salsão
25% de alho poro

Ou ainda

25% de cebola
25% de salsão
25% de alho poro
25% de cogumelo Paris

A segunda etapa de Fundo é a definição das especiarias. Nesse ponto você pode usar sua imaginação e experiência para temperar o fundo, mas não se esqueça: esses temperos não podem ser soltos no fundo. Dessa forma você deverá montar um Bouquet Garni e/ou um Sachet d’épices.

Bouquet Garni é um maço de ervas aromáticas amarradas. Você pode montar um bouquet com: louro, tomilho, alecrim, salvia, manjericão e outras ervas que gostar.


Sachet d’épices são temperos como pimenta, cravo, canela em pau, cravo, semente de mostarda e mais o que você gostar dentro de um saquinho permeável. Eu costumo fazer com Gaze em casa.

Segue a receita do fundo mais básico é fácil de fazer, o fundo claro de vegetais. Com ele você pode fazer qualquer preparação substituindo a água de qualquer receita salgada.

 

Comida saborosa, família feliz

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mexidinho Baby

Tem dia que a correria é grande e nossa imaginação pequena. Por isso ter na geladeira legumes cozidos no vapor, arroz pronto, tomate, salsinha e ovos pode ser uma grande salvação.

Continue lendo

Finger Sandwich de pasta de tofu e cenoura

Para atrair a atenção das crianças na hora do lanche precisamos deixar nossa imaginação fluir e investir na apresentação.  Gosto muito do modelo de lanches em pequenos pedaços e possam ser comido facilmente por pequenas mordidas.

Continue lendo

Cuzcus Marroquino Baby

O cuscuz de sêmola é uma farinha granulada que está presente em diversas receitas de origem árabe. No Brasil a versão mais conhecida é o Cuscuz Marroquino, por isso virou nome comercial e hoje encontramos esse nome na caixa do produto vendido no supermercado.

Eu gosto bastante de oferecer cuscuz marroquino para bebês que estão em fase de transição das texturas mais papas para as mais secas. Ele pode ser feito mais ou menos úmido e estimula a mastigação por ser granulado. Sem contar que é muito fácil de fazer.

Continue lendo

Panqueca vegetariana

Adoro cozinhar com quinua. Além de ser um super alimento, ela é muito versátil e pode ser usada em várias receitas.

Continue lendo

Menu de Natal – Lasanha Baby com Vegetais

Em toda ceia de Natal tem que ter uma massa. Por isso inclui uma versão baby vegetariana aproveitando que hoje é Segunda-feira, dia de dispensar a carne nas refeições por um planeta melhor.

Continue lendo

Creminho de milho

O milho é um cereal rico em carboidratos e uma ótima fonte de energia. Ele costuma ser bem aceito por bebês

Continue lendo