Bolo de mandioca (sem glúten)

A mandioca é a um dos ingredientes mais versáteis que existem. Não é a toa que ela aparece em muitas receitas típicas da culinária brasileira. Além disso ela tem ótimas propriedades sendo uma excelente fonte de carboidratos.

bolomandioca (640x426)                                                                                                                                     Foto: Bruna Romaro

 

Nas feiras livres é possível encontrar a massa de mandioca para bolo (puba), que é a mandioca fermentada e lavada. Com ela podemos fazer esse bolo naturalmente sem glúten.

Receita – indicada a partir de 12 meses

1/2 kg de massa de mandioca para bolo (puba)

1 xícara de açúcar demerara

3 ovos

1 xícara de coco ralado

3 xícaras de leite de coco (caseiro preferencialmente)

3 colheres sopa de manteiga

1 colher de sopa de fermento

Na batedeira junte o açúcar, os ovos e a manteiga. Deixe bater até ficar uma massa homogenia e clarinha. Acrescente aos poucos a massa de mandioca, o leite de coco e o coco ralado, alternadamente. Bata em velocidade média por 8 minutos. Pré aqueça o forno a 200°C. Por ultimo diminua a velocidade da batedeira, junte o fermento e bata por mais 2 minutos. Unte uma forma com manteiga e farinha e polvilho (para manter a receita sem gluten). Derrame a massa do bolo e leve para assar por 50 minutos.

Tammy Achkar

4 comentários. Faça o seu.

Arícia

Adorei essa receita! Estava atrás de fazer lago pro aniversário da minha filha, mas que fosse algo que ela pudesse comer, pois eu não quero encomendar um bolo de festa no qual está cheio de “perigos” para a alimentação que ela está inserida. Teria alguma cobertura bem natural e indicada para esse bolo? Ah, adorei o seu site! Minha bebê tem 9 meses 😀

    Tammy Achkar

    Tammy Achkar

    Author

    Para o bolo de mandioca eu fiz Coulis de morangos. Fica uma delicia.

Juliana

E se eu não encontrar essa massa de mandioca? Dá para fazer com a mandioca cozida e processada?

    Tammy Achkar

    Tammy Achkar

    Author

    Juliana, essa massa da um pouco de trabalho para fazer. Ela é fermentada por alguns dias. Por isso ideal é usar a massa mesmo.
    É bem fácil encontra-la em feiras livres e em lojas de produtos alimentícios artesanais nordestinos.

Deixe um comentário